Trânsito seguro é responsabilidade de todos

Mais do que estar habilitado, para ser um bom motorista, é preciso ter bom humor, consciência e respeito ao próximo no trânsito. logo-transito-viagem

O primeiro passo é ser paciente e tentar encarar com bom humor as situações difíceis. Lembre-se de que a rua é pública, e a circulação é regida pelas leis de trânsito. Dirija com atenção e cortesia, como você gostaria que os outros motoristas se comportassem com você.

Controle da velocidade

Altas velocidades são uma das maiores causas de acidentes, já que o motorista não tem tempo de reagir a acontecimentos imprevisíveis. Além disso, quem anda rápido demais está infringindo o Código de Trânsito. A velocidade máxima permitida é indicada em cada via, através de placas. Quando não houver sinalização, você pode seguir a seguinte regra:

Na cidade:

– 80 km/h nas vias de trânsito rápido
– 60 km/h nas via arteriais
– 40 km/h nas vias coletoras
– 30 km/h nas vias locais

Nas rodovias:

– 110 km/h para automóveis e camionetas
– 90 km/h para ônibus e micro-ônibus
– 80 km/h para os demais veículos

 É importante lembrar também que nunca devemos beber e dirigir! Isso coloca em risco a sua vida e a dos outros que também trafegam pela via pública.

Outro quesito fundamental e que muitas vezes é deixado de lado é o uso do cinto de segurança na parte de trás do automóvel. Lembre-se de que o cinto de segurança evita que o passageiro seja lançado para fora do carro, situação em que as chances de morte são cinco vezes maiores. Em caso de colisão frontal, o cinto do banco de trás também evita que o passageiro seja projetado para frente do carro, provocando um impacto muito maior do que o próprio peso. Um homem de 70 kg pode provocar um impacto correspondente a uma tonelada. Por isso, é importante que todos disponham do cinto de segurança.

São pequenas atitudes que fazem do trânsito seguro. Siga e recomende aos seus amigos! Se você acha melhor ficar livre para falar ao celular ou conversar, vá de táxi. #VádeCTP

Rede social para carro existe?

Uma empresa desenvolveu uma plataforma que poderá ser a nova rede social para carros da internet, chamada simTD, que tem como principal objetivo aumentar a segurança no trânsito.download

Trata-se de uma plataforma de comunicação entre veículos que também entra em contato com a infraestrutura rodoviária para alertar antecipadamente o condutor sobre as alterações nas condições de trânsito. As informações emitidas podem ser da região onde ele se encontra ou de um percurso definido no sistema de navegação.

As facilidades que essa rede proporciona são muitas e evitam que você pegue uma rota muito complicada ou com trânsito. Use!

Agenda Cultural

De 15 a 23 de novembro Piracicaba estará em festa! É o 9º Fentepira que chega com muitas atrações gratuitas para a população da cidade!

Acesse o site e veja a sinopse dos 13 espetáculos que estão marcados. www.fentepira.com.br

E lembre-se: evite ir de carro para não passar transtornos ao estacionar. Vá de CTP!

fentepira

Supere o medo de dirigir

Para muitos, dirigir é um verdadeiro terror! Há quem morra de medo de pegar no volante devido às imprudências cometidas por outros motoristas.blog_inova_medo-de-dirigir

Mas superar esse medo é possível, basta seguir algumas dicas:

1- Entrar no carro e mexer nos objetos, ajustar o banco e os espelhos pode ser uma forma de se habituar com o ambiente e te dar mais liberdade e intimidade com o veículo;

2- Andar em trajetos mais tranquilos: é melhor começar por ruas calmas, em dias de pouco movimento, para conhecer o carro;

3- Cuidar dos espelhos sempre: o condutor deve estar seguro do que vê;

4- Fazer os trajetos mais desafiadores aos domingos: é melhor escolher um dia em que as ruas estejam vazias para ver como é o caminho e como deve ser feito;

5- Andar pelo menos uma hora nas primeiras vezes: o ideal é rodar com o automóvel por um tempo suficiente para cometer erros, conhecer o carro, corrigir os problemas. Trajetos curtos não trazem a prática necessária.

Supere! Só depende de você!

 

Equipamentos de segurança indispensáveis

Existem alguns equipamentos de segurança que são indispensáveis no seu carro. Se você por parado em uma blitz sem eles, pode até ser multado.

O estepe, extintor de incêndio e o triângulo de sinalização precisam estar sempre no seu carro e em perfeito estado de uso, conservação e dentro da data de validade.

Confira nossas dicas:

Estepe: Deve estar sempre calibrado e balanceado. Se precisar usá-lo e ele estiver murcho, prefira colocá-lo na parte traseira, instalando o pneu bem calibrado na frente.pneu-estepe-4

Extintor: Num incêndio, retire o lacre de inviolabilidade, levante a alavanca e aperte o gatilho na direção do fogo. extintor1

Triângulo: Indica que um carro parado está com problemas.65b8ca6375

Equipamentos como macaco ou chave de roda são de apoio, mas não são obrigatórios. Porém, todos são de extrema utilidade e nunca podem faltar em um veículo. Cuide para que estejam sempre à mão e em plenas condições de uso.

Há outros itens que podem ser bastante úteis em emergências ou ocasiões imprevistas: luvas de tecido, panos para limpar as mãos e para forrar o chão (no caso de uma troca de pneu) ou os bancos e o porta-malas (quando for transportar algum objeto sujo ou molhado).

CTP para empresas

A CTP presta serviço para as mais conceituadas empresas de Piracicaba, oferecendo comodidade, pontualidade, conforto e todos os benefícios que sua empresa e seus colaboradores merecem. 1393977_1412313789002593_68367352_n

Temos taxistas que falam inglês e até mesmo japonês!

Confira abaixo algumas empresas que contam conosco:

– Sesc;

– Raízen;

– Hyundai;

– Bioagri;

– Banco do Brasil, etc.

 Entre em contato para saber mais detalhes! (19) 2532-9700 / (19) 3382-9230

Cuide do ar condicionado do seu carro

Ultimamente tem feito muito calor e ficar em ambiente com ar condicionado é indispensável ara suportar esses dias.ar-condicionado-automotivo-em-belo-horizonte

No carro não é diferente, o ar condicionado salva! Mas é preciso tomar algumas atitudes preventivas e de manutenção para que você não fique na mão. Confira algumas atitudes simples que garantem o perfeito funcionamento do ar do seu carro.

        1.Se o carro ficar por muito tempo sob o sol, é recomendável abrir todas as janelas para ventilar no interior do veículo por alguns minutos e      só depois ligar o ar-condicionado e fechar as janelas. Recomenda-se uma diferença de apenas 5ºC entre o interior e exterior do carro;

  1. Mesmo sentindo muito calor ao entrar no veículo, nunca ligue o ar-condicionado na velocidade máxima, pois o choque térmico pode ocasionar desde irritação nos olhos até perda temporária de movimento em alguns músculos da face;
  2. Embora o botão de recirculação do ar resfrie o carro mais rápido, seu uso não é aconselhável por um longo período de tempo, pois o ar acaba ficando “viciado”, uma vez que a entrada de ar de fora do veículo está obstruída;
  3. Ao se aproximar do seu destino é aconselhável diminuir a intensidade do ar-condicionado ou até desligá-lo a fim de evitar choque término ao sair do veículo;
  4. Devido ao acúmulo de fungos, bactérias e ácaros nos filtros, é aconselhável trocá-los periodicamente a fim de evitar problemas como resfriado, rinite ou até bronquite;
  5. Recomenda-se que a cada 20 mil quilômetros rodados seja verificado o nível de pressão do gás refrigerante e o estado das mangueiras e dos filtros a fim de garantir a máxima eficiência do sistema;
  6. O ar-condicionado deve ser ligado periodicamente, inclusive no inverno, a cada 15 dias ou mesmo de semana em semana, para evitar danos no compressor e o ressecamento das mangueiras;
  7. Para obter uma refrigeração mais eficiente, recomenda-se a ventilação média;
  8. O ar condicionado é um excelente recurso para desembaçar os vidros quando estiver chovendo;
  9. Realize uma revisão geral no ar condicionado pelo menos uma vez ao ano para maximizar sua eficiência.

Refresque-se!

O que é airbag e ABS?

Muito frequentes nos carros mais modernos, o airbag e os freios ABS são acessórios indispensáveis para o seu conforto e segurança. Mas, você sabe o que são e para que servem?

ABS

O sistema ABS nada mais é do que um conjunto de válvulas gerenciadas por um módulo eletrônico, que tem por objetivo impedir que a pressão de óleo de freio seja constante nas rodas, evitando com isso o travamento.

freio abs

Airbag

A função do airbag é amortecer o choque dos ocupantes com partes do carro. A lei brasileira exige airbags frontais, isto é, uma bolsa para a proteção do motorista e outra para o ocupante do banco do carona.

airbags

Todos os 45 carros da frota da CTP possuem esses dois acessórios, tudo pensando no seu segurança, conforto e comodidade! Quando o assunto é táxi, a CTP é primeiro lugar!

 

Cuidado ao dirigir na chuva!

Está com tempinho de chuva por ai? Ultimamente, quando chove é um alívio para todos nós: refresca e melhora a qualidade do ar. Mas para dirigir muitas vezes pode ser um problema, pois o trânsito aumenta, o carro pode derrapar, a visão fica prejudicada… Por isso, assista esse vídeo com algumas dicas do piloto Ingo Hoffman.

CHUVA29112012

Seja a mudança que você quer ver no trânsito. Segurança em primeiro lugar!

O que o seguro do seu carro não é obrigado a cobrir?

Quando contratamos o seguro auto logo pensamos que estamos a salvo de qualquer imprevisto e que tudo será ressarcido! Mas não é bem assim, algumas coisas a seguradora não cobre e se você não sabe quais são esses pontos pode acabar se sentindo lesado. Por isso, a informação ainda é a melhor saída!seguro-auto-mensal

Em caso de roubo, furto ou acidentes, o seguro cobre os danos e o motorista não precisa se preocupar. Alguns outros danos mais específicos não tem cobertura automática, devem ser contratados a parte, na hora de fechar contrato! Preste atenção, pois para escolher a apólice correta é necessário checar bem quais serão os benefícios. Esse é o principal passo para que você tenha total segurança com seu seguro.

Os pacotes mais comuns são aqueles que cobrem roubo, incêndio e colisão, apesar de terem um preço mais elevado.Você pode escolher um pacote que cobra também danos causados pela natureza, como enchentes e queda de árvores. Geralmente, as seguradoras cobram uma cobertura adicional para esse tipo de caso, o que acaba encarecendo o preço, mas pode valer a pena. Danos causados por imprudência do motorista ou danos em viagens ao exterior também precisam de cobertura extra.