11 dicas para alugar um carro

Você não tem carro, quer ir viajar nas férias com mais conforto e não sabe como alugar um carro? Nós te damos todas as dicas para fazer isso com tranquilidade.

banner-interno-Carros1

  1. Verifique se a documentação do veículo está em dia;
  2. É melhor optar pelo seguro total, que inclui reembolso para colisão, roubo, furto, incêndio e danos a terceiros, sem franquia. Nem sempre ele está incluso na tarifa básica;
  3. Cadastre todos os motoristas que vão dirigir;
  4. Faça uma vistoria minuciosa na lataria, no interior e nos acessórios do veículo. Abra o porta-malas e veja se o estepe está em bom estado e se as ferramentas para a troca de pneu estão lá;
  5. Exija uma vistoria completa e um recibo atestando suas condições para que não sejam feitas futuras cobranças;
  6. Se for percorrer longos trajetos, o plano com quilometragem livre é geralmente mais vantajoso;
  7. Você paga a diária mais alta, mas pode rodar quantos quilômetros quiser;
  8. Se estiver viajando com crianças, peça cadeirinhas de acordo com a idade;
  9. Verifique se há taxa extra para a devolução em uma cidade diferente da que você retirou o veículo;
  10. Encha o tanque antes de devolver o carro. Locadoras costumam cobrar mais caro pelo litro de gasolina. E não atrase. A multa é de um terço da diária por hora de atraso;
  11. Você é responsável somente pelas infrações que cometer durante a locação. Dê “baixa” no veículo, registrando a hora da devolução.

 

Supere o medo de dirigir

Para muitos, dirigir é um verdadeiro terror! Há quem morra de medo de pegar no volante devido às imprudências cometidas por outros motoristas.blog_inova_medo-de-dirigir

Mas superar esse medo é possível, basta seguir algumas dicas:

1- Entrar no carro e mexer nos objetos, ajustar o banco e os espelhos pode ser uma forma de se habituar com o ambiente e te dar mais liberdade e intimidade com o veículo;

2- Andar em trajetos mais tranquilos: é melhor começar por ruas calmas, em dias de pouco movimento, para conhecer o carro;

3- Cuidar dos espelhos sempre: o condutor deve estar seguro do que vê;

4- Fazer os trajetos mais desafiadores aos domingos: é melhor escolher um dia em que as ruas estejam vazias para ver como é o caminho e como deve ser feito;

5- Andar pelo menos uma hora nas primeiras vezes: o ideal é rodar com o automóvel por um tempo suficiente para cometer erros, conhecer o carro, corrigir os problemas. Trajetos curtos não trazem a prática necessária.

Supere! Só depende de você!

 

Álcool e direção não combinam

Parece óbvio, todo mundo sabe, existem leis que proíbem a direção de veículos automotores após o consumo de bebidas, mas ainda é muito comum vermos notícias de acidentes de trânsito causados por motoristas alcoolizados.

ctpira

É comum as pessoas acreditarem que, se beberem pouco, ainda conseguem dirigir normalmente, o que é um engano, pois as habilidades necessárias para a direção são prejudicadas bem antes dos sinais físicos da embriaguez aparecerem. A capacidade de julgamento, tempo de reação e reflexos sofrem alterações logo nos primeiros goles, o que aumenta a probabilidade dos motoristas de tomarem decisões erradas. Em altas, doses, a bebida alcoólica pode ocasionar a perda de consciência ao volante.

lei-seca1

Para mostrar a relação entre consumo de álcool e acidentes de trânsitos, um estudo norte-americano, publicado recentemente, fez um levantamento entre todos os acidentes automobilísticos fatais ocorridos entre 1994 e 2008. A pesquisa apontou que os motoristas que beberam apresentaram maior propensão a dirigir em alta velocidade, não usar cinto de segurança e ser o condutor o veículo causador do acidente e que, quanto maior a concentração de álcool no sangue, maior a velocidade média e a gravidade dos ferimentos causados pelo acidente.

A solução desse problema está nas campanhas de conscientização e da mudança de atitude de cada um. Alternativas como definir o motorista da rodada ou ir de táxi são duas opções para que você evite a perigosa relação entre consumo de álcool X direção. Se todo mundo estiver a fim de curtir a noite, não se esqueça, #vá de táxi!